verde

“Tenho aprendido coisas com ele.
Nada muito sensacional,
coisas simples,

pequenas alegrias.”
Caio Fernando Abreu

E se esse ano for tudo que eu não imaginei pra mim? (e for melhor…)

E se houver mesmo um encanto, se houver mesmo vontade e pressentimentos?
E se houver uma força estranha e sem nome que une? E se houver amor e se tudo que eu pensei que fosse o amor não for? E se eu estiver descobrindo que estive vivendo uma coisa que eu inventei nos últimos cinco anos? E se eu estiver me tornando livre? Mas e se eu estiver cometendo os mesmos erros? E se tudo isso for um desperdício? Em compensação, e se for o maior “investimento” da minha vida nesses quase vinte e dois anos de idade?
E se for tudo só uma impressão, uma sensação, um arrepio? se for tudo uma ilusão? se for tudo um monte de perguntas sem resposta?

e se isso tudo for uma esperança?
o que eu vou fazer se for só isso?

“Uma vez, aliás, agora é que me lembro,
uma esperança bem menor que esta, pousara no meu braço.
Não senti nada, de tão leve que era. ”
(Uma esperança – Clarice Lispector)

Nuno Macedo

3 comentários sobre “verde

  1. Ainda se for só uma esperança mais do que leve, não dá pra deixar de investir pelo simples medo de não ser todo o amor que você espera!

    Vai ser excelente enquanto esperança e amor… O resto ninguém saberia dizer.

    Curtir

  2. Esperança nunca é SÓ uma esperança.
    Comentei demais por hoje. Lembra de mim quando estiver lançando livros chiques e dando entrevistas metafóricas no Jô! =D
    bjobjo

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s