gerúndio

Estou de férias de mim mesma e está sendo maravilhoso. Eu resolvi fazer isso depois que alguém mais intenso que eu me mostrou a delícia que é aproveitar o hoje e o que se sente. Eu vinha pendendo pra essa ideologia atual de vida, mas digamos que quem me mostrou foi como a gota d’água (aquela que devia cair no outro post). Às vezes parece que está dando errado, mas basta pouquíssimo para que eu me esqueça das coisas que podem dar errado e podem acontecer, e só viva.

E eu estou sentindo até a última gotinha, sendo, vivendo, trabalhando, sorrindo e pensando. Dormindo, acordando. Cansando, imaginando, sonhando, planejando (?)

Acho que um verbo ir do futuro do pretérito para o gerúndio é uma boa evolução, né?

Pena que assim eu nem fique tão inspirada, porque tudo que eu gostaria de dizer, fala sobr
e alguém, ou fala sobre um sentimento. E acho que falar do que se sente é bom quando é pra quem se sente. Mas eu faço isso, fica tranquilo. E tem gente que faz mais que eu.

!!

“Ninguém tem coragem de falar de amor se não for para alguém.” Barthes

5 comentários sobre “gerúndio

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s