Um balbucio

Composição(ões): José de Holanda

No lençol sapatos
bolsas e cordões
gotas de cachaça
e colares no chão
Na gaveta, apertada
a roupa amarrotada no colchão
em pose de retrato
no perfume de depois
Já manha, café pileque o chá
cinema, atravessar vermelho o farol
um filme a lhe rodar
no palco de onde um olhar atento
de certo não mentiu
A estadia adiada
arrancada por conta do patrão
mas se o trabalho encalha
ela perde a condição.
Na espera do vagão atrasado
o trem para à estação
não tem carro esperando
não tem bonde andando, não tem condução.
Já manha, café pileque o chá
cinema, atravessar vermelho o farol
um filme a lhe rodar
no palco de onde um olhar atento
de certo não mentiu

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s