contratempo – II

Só eu que, não me aguentando de curiosidade, quis ouvir os ensinamentos infantis. Só eu quis ouvir e saber o que estavam ensinando para aquela menina que já parecia bem crescida para estar ainda aprendendo a ler. Para o amor, não.
E quase não me continha e tentava ler o que estava escrito, e eram letras relativamente grandes, mas eu devo mesmo estar com algum problema de vista. Não consegui ler, ouvi pouquíssimo, mas pude acompanhar as imagens.
Prestei a atenção como provavelmente aquela mesma menina já prestara enquanto sua mãe lhe contava alguma história antes de dormir.
  

continua…

Um comentário sobre “contratempo – II

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s