porão

se na minha casa tivesse um porão, eu guardaria lá tudo que eu tivesse de velho, mas que não conseguisse decidir que destino dar. tudo que eu tivesse pena ou medo de me desfazer, e tudo o que eu não soubesse onde guardar, colocaria lá. seria um depósito de incertezas antigas e adiadas.
agora eu estou bem no meu porão. andando, acabei pisando num taco solto e caí em espiral como a Alice e talvez ainda esteja caindo. ou já esteja lá (ou aqui). e lá (ou aqui), estão todos as sensações, os sentimentos e os medos mal resolvidos. não pensei que eram tantos.

Um comentário sobre “porão

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s