grávida de terra

Havia um vaso antigo, com terra seca e esquecida de um velho plantio de margaridas que não havia dado certo por excesso de ansiedade e de cuidado. Todas as sementes plantadas e nascidas de uma vez, em um espaço que não comportava tanta vida (pelo menos era o que eu pensava). Muito medo de que elas não conseguissem se desenvolver e um gesto desesperado de replantio antes do tempo que elas poderiam suportar. E morreram todos brotos, esperanças e crenças de que as coisas poderiam melhorar. O vaso ficou esquecido, a terra já não permitiria vingar nenhuma semente. 

Então precisei repensar e refazer muitas coisas para conseguir começar de novo. Para renascer, precisei mexer em tudo, cuidar, encher de nutrientes e de amor, e retirar, com cuidado, pedras, pragas e outras coisas que estavam estragando minha terra e a impedindo de florescer. Precisei procurar algumas respostas e ter muita coragem de recomeçar do zero. Ainda estou tentando. Espero ter feito tudo certo dessa vez.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s